quarta-feira, 30 de julho de 2008

U R G E N T E - RISCO DE MORTE

Para quem tem crianças ou para quem faz uso regular de medicamentos, é melhor ficar de olho!

O Ministério da Saúde através da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, suspendeu por meio da Resolução 96, a fabricação, distribuição, manipulação, comercialização e armazenagem de medicamentos com o principio ativo denominado FENILPROPALAMINA.

A medida foi tomada depois que a "Food and Drug Administration", (FDA), dos Estados Unidos, constatou que a substância vinha provocando adversos FATAIS em usuários americanos (hemorragia cerebral). No Brasil a suspensão é preventiva, uma vez que não existem casos relatados.

A FENILPROPALAMINA está presente em 21 medicamentos, especialmente nos anti-gripais. Os medicamentos suspensos são os seguintes:

1) Bernadryl dia e noite.
2) Contac
3) Naldecon Bristol
4) Acolde
5) Rinarin Expectorante
6) Deltap
7)! Desfenil
8) HCl de fenilpropalamina
9) Naldex
10) Nasaliv
11) Decongex Plus
12) Sanagripe
13) Descon
14) Descon AP
15) Descon Expectorante
16) Dimetapp
17) Dimetapp Expectorante
18) Ceracol Plus
19) Ornatrol
20) Rhinex AP
21) Contilen

Solicito, pois, a todos que estejam utilizando qualquer medicamento da lista acima, que suspendam a medicação e procurem o seu médico para maiores detalhes.


Atenciosamente,
MAURICI ARAGÃO TAVARES
Médico do Trabalho
CRM.SP.33006


Recebi por e-mail do meu amigo Ricardo Torviso (médico).

4 comentários:

Elizabeth Carvalho da cruz disse...

Vou deixar um recado la no dihitt para você.
Beijo

Juan Trasmonte disse...

Muito interessante, Sandra. A divulgação dessas matérias conforma um serviço à comunidade.
Abs.

Karla Nogueira disse...

Oi Sandra,

falando em remédios, outro dia estava assistindo uma reportagem da globo news e fiquei assustada com a quantidade de remédios falsificados que são produzidos todos os anos. Uma verdadeira máfia.
A maior produção vem da China. Mas a máfia é forte em vários lugares do mundo. Não sei se essa situação já chegou ao Brasil. O pior é que, muitas vezes, essa falsificação é praticamente perfeita. E assim, muitas pessoas morrem todos os anos por ingerir "comprimidos de farinha", já que não recebem o tratamento que deveriam.

Abraços

Karla Nogueira disse...

Oi Sandra,

falando em remédios, outro dia estava assistindo uma reportagem da globo news e fiquei assustada com a quantidade de remédios falsificados que são produzidos todos os anos. Uma verdadeira máfia.
A maior produção vem da China. Mas a máfia é forte em vários lugares do mundo. Não sei se essa situação já chegou ao Brasil. O pior é que, muitas vezes, essa falsificação é praticamente perfeita. E assim, muitas pessoas morrem todos os anos por ingerir "comprimidos de farinha", já que não recebem o tratamento que deveriam.

Abraços