domingo, 6 de julho de 2008

Ser mãe não é facil, ser pai e mãe então é mais dificil ainda.

Diante de tantas noticias que vemos e ouvimos nos telejornais sobre o comportamento de algumas mães em relação aos filhos tais como: jogar filho pela janela, jogar num lago, queimar com ferro de passar roupa,torturar, etc...minha filha me perguntou:

Mãe alguma vez te deu vontade de me jogar pela janela?

Num fração de segundos respondi imediatamente: Alguma vez??? Minha filha eu tive foi varias vezes.Mas sempre contei até dez, respirei fundo e pedi a iluminação de Deus.

Somente quem é mae sabe exatamente o que estou dizendo pois ser mãe não é fácil mesmo e sim um grande desafio!


Eu tive muitas falhas e para se ter uma ideia esqueci minha filha no táxi quando tinha 6 meses. Já esqueci de pegar meu filho na escolinha varias vezes. esqueci meu filho dentro do carro por 20 minutos dentro da garagem.E na madrugada eu cheguei dar remédio errado.
Aos olhos de qualquer pessoa serei considerada uma mãe desnaturada.


Hoje quando vejo que vou explodir saio e vou dar umas voltinhas para me acalmar e depois volto.

Não que eles cometam coisas absurdas, não é isso, mas eles cismam de discutirem ou então ficar reclamando bem no dia que vc teve um dia bem estressante e tudo isso colabora. Mas depois a paz volta a reinar.Eu e meus filhos somos muitos amigos mesmo. Aqui temos o habito de sempre estar perguntando como foi o dia de cada um e o dialogo é constante e aberto.


Andei comentando com algumas amigas mães sobre o meu dialogo com minha filha e questionei se alguma delas teve vontade de ter alguma "atitude drástica" com relação aos filhos e todas elas responderam que sim e que graças a Deus não cometeram.

A questão aqui em foco é como poder controlar esses "pequenos momentos" que podem levar as mães a atitudes drásticas.

E somente quem é mãe sabe exatamente o que estou dizendo.

Hoje a mulher desempenha muitos papeis na sociedade , e isso torna impossível ser uma mãe 100% como gostaria.Educar um filho não é uma tarefa fácil e cada época tem as suas dificuldades.

Uma mãe necessita muito de apoio emocional e de um ombro amigo ou de um ouvido disposto a prestar atenção nas dificuldades que podem surgir no seu dia a dia, sem cobranças ou críticas.

Uma mãe com muitos problemas martelando em sua cabeça se não tiver estrutura psicológica para lidar com tudo isso, ela só pode ficar "louca "mesmo e agredir o primeiro que pela frente que normalmente é o próprio filho que bem naquele momento teve algum comportamento que a irritou.

Sim ,claro que, com certeza ela terá que pagar por isso dentro das leis judiciais, isso nem se discute. Só que aos olhos de muitas pessoas esta mãe teria que ser "linchada" ao passo que esta mãe eu penso que deveria ser internada para tratamentos psicológicos.

Este é meu ponto de vista não querendo aqui é claro provar nada e nem convencer ninguem. Mas acredito que seja interessante opiniões para que possamos estar ajudando mães numa situação de desespero.

Sandra Cantii

3 comentários:

Diley disse...

ta ai sandra voltei para casa da minha mãe pq ela estava morando sozinha..
mas as veses penso que ela ficaria mas calma comigo não a preucupando... hehehehe
adorei o texto so podia ser de quenm entende do asunto.. abraços

Monika Baumann disse...

É verdade, amiga!
Muitas vezes passam coisas absurdas pela nossa cabeça, eu amo meu filho e faria qualquer coisa por ele, nunca pensei em jogar da janela não, mas as vezes dá vontade de dar uns petelecos pra valer. Eu sou daquelas que preferem conversar com a criança, mas ás vezes não tem conversa néh???
E nem por isso ninguém pode dizer que não sou boa mãe. Hoje em dia as crianças são diferentes de antigamente, não sei se por culpa nossa, mães que trabalham fora, que não têm tempo direito pros filhos, é complicado, mas hoje as crianças são mais autoritárias e exigentes do que antes, o que torna mais difícil a educação/criação.
Excelente post, amiga.
Bjuuu

Elizabeth Carvalho da cruz disse...

Só quem é mãe de três pestinhas como eu tenho sabe a dor e a delícia de ser mãe, rsrsrsrrsssssss
As vezes da vontade de matar(força de expressão), mas quando saem de férias a casa fica vazia e bate uma saudade imensa dessas criaturinhas tão amadas.
Beijo Sandra