sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Brincadeira de Roda

TANGO TANGO

Tango, tango, tango, morena
É de carrapicho
Vamos jogar a (nome da pessoa)
Na lata do lixo (3 vezes)

Tenho certeza que muitos de vcs já ouviram e/ou ja brincaram com esta musiquinha.
Me lembro perfeitamente quando minha filha tinha uns 5 anos se juntou com algumas amiguinhas e foram brincar numa pracinha de frente de casa. Eu sempre ali por perto observando...Ouvi elas cantando esta musiquinha e parei pra olhar melhor.
Gente, quando vi que minha ficou por ultimo a sair da roda e todas começaram a gritar:lixeira..lixeira..lixeria....ela chorava tanto e dizia: eu nao sou lixeira!
Me aproximei e a segurei no colo dizendo: Não filha, é apenas uma brincadeira!

Em fim, a questão é, por que será que a maioria ( se não todas) das cantigas de rodas e as cantigas de ninar naõ trazem uma mensagem positiva e são simplesmente "agressivas" e "pessimistas"?

As musicas nao mostram carinho e afetividade, nao estimulam as crianças a serem mais positivas, solidárias e educadas.

Penso que os problemas dos brasileiros, principalmente o problema de baixo auto estima, derivam da negatividade das canções populares produzidas pelo povo.

Por esta razão a maioria dos brasileiros nunca acreditam em si, sempre se sentiram diminuidos.

Ainda bem que esta cantigas estao sendo esquecidas!
Mas por outro lado apareceram os videos games com aqueles jogos violentos ...
Nao sei não, penso que as crianças estão pedendo espaço para as brincadeiras..

Sandra Cantii






1 comentários:

Valdeir disse...

Olá, Sandra! Também já me fiz essa pergunta várias vezes e ainda não encontrei a resposta.
E seja qual for a resposta, nada justifica o uso desse tipo de musica para "ninar" crianças"
Um abraço