terça-feira, 14 de outubro de 2008

Justiça manda YouTube retirar vídeo ofensivo contra Kassab

A Google do Brasil deve tirar do ar um vídeo de seu provedor de hospedagem YouTube que ofende a honra do candidato à prefeitura de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM). A determinação, proferida na quinta-feira (11/9), é do juiz Francisco Carlos Shintate, auxiliar da propaganda da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo. Cabe recurso.

Segundo o juiz, o YouTube exibiu vídeo ofensivo a Kassab ao imputar ao prefeito fatos não comprovados e imagens de eventos que não aconteceram.

De acordo com a legislação eleitoral, é vedado "usar trucagem, montagem ou outro recurso de áudio ou vídeo que ridicularizem candidato, partido ou coligação, a seus órgãos ou representantes".

A representação foi proposta pela coligação do prefeito e candidato São Paulo no Rumo Certo (DEM/PMDB/PR/PV/PSC/PRP).

Fonte:
JusBrasil Noticias

1 comentários:

giovana disse...

Mas a baixaria continua !